Público da Ressaca de Carnaval se reúne no Parque de Itaipava

Nesta segunda-feira (13), as pessoas que compraram ingressos para a Ressaca de Carnaval e estão se sentindo lesados vão se reunir no Parque Municipal Prefeito Paulo Rattes, em Itaipava, às 8h, com a presença de uma advogada.

A Ressaca de Carnaval deveria ter sido realizada no dia 4 de março com os shows de Naiara Azevedo, Luan Santana e a dupla César Menotti e Fabiano, contudo, a prefeitura cancelou o evento no dia que o mesmo estava previsto para acontecer.

Na ocasião, o município havia enviado a seguinte nota: “Devido ao não cumprimento, por parte da empresa 3 Plusone, dos requisitos contratuais e legais necessários à realização de eventos, para garantir a segurança e integridade do público – entre os quais documento do Corpo de Bombeiros, que indeferiu (não autorizou) a realização, e alvará da Vara da Infância e da Juventude (não apresentado pelos responsáveis), a Prefeitura de Petrópolis, cancelou o evento ‘Ressaca de Carnaval’, que seria realizado neste sábado (04.03) no Parque Municipal, em Itaipava. A apresentação das licenças e alvarás dos órgãos competentes, liberando o evento, está prevista em contrato firmado pelos organizadores com a Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis. O documento prevê que todos os requisitos legais devem ser cumpridos para a realização do evento no Parque Municipal, em Itaipava. A Prefeitura de Petrópolis reitera que independente da concessão do espaço, o município exige de qualquer evento o cumprimento das normas legais e de segurança.”

No dia do ocorrido, a empresa 3 Plus One informou que o evento foi adiado. “Apesar de todo o esforço empenhado para a realização do evento a produção da empresa não conseguiu mudar a decisão da Fundação Municipal de Cultura e Turismo. Esclarece ainda que o motivo que levou ao adiamento foi a não liberação por parte do Corpo de Bombeiros, que apontou a falta de adequação do espaço para a realização da Ressaca de Carnaval. Isso porque a documentação do Parque não foi devidamente apresentada pela Fundação Municipal de Cultura. A empresa lamenta e pede desculpas aos artistas e ao público em geral pelo transtorno e garante que cumpriu o seu papel como organizadora do evento, apresentando todos os documentos exigidos e pagando o valor total do aluguel do espaço”, dizia a nota enviada pela empresa.

Já na página do evento, a empresa informou ainda que está trabalhando para que o valor dos ingressos seja devolvido o mais rapidamente possível. “Fiquem atentos que todas as informações serão divulgadas nesta página. A empresa garante que todos os clientes serão ressarcidos. Àqueles que realizaram a compra online pelo site Ingresso Certo pedimos que acessem o link: ingressocerto.com/cancelamento“.

Contudo, até o momento o público não foi informado sobre como será feito o ressarcimento no caso das compras em outros pontos de venda, e nem mesmo se haverá o evento em uma outra data.

Indagada sobre essas questões, até o fechamento desta matéria, a 3 Plus One ainda não havia se pronunciado.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.

error: Favor não reproduzir o conteúdo do AeP sem autorização (contato@aconteceempetropolis.com.br).

Send this to a friend