Concer: Maio amarelo
Concer: Maio amarelo
Cidade

Caixa libera FGTS nos 1º e 2º distritos

A Caixa Econômica Federal (CEF) liberou para todos os trabalhadores residentes nos 1º e 2º distritos de Petrópolis o saque calamidade do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), atendendo a pedido do prefeito Rubens Bomtempo. Com a liberação, autorizada nesta segunda-feira (28), os titulares de contas do fundo podem sacar até R$ 6.220,00 a partir desta terça-feira (29), a exemplo do que era permitido desde o dia 8 a moradores de bairros e outros endereços afetados diretamente pela chuva de 15 de janeiro.

No aplicativo da Caixa, basta clicar na opção “Meus Saques” e selecionar a opção “Outras Situações de Saques”. Depois, é preciso selecionar o motivo do Saque “Calamidade Pública”, informar o município e seguir o passo-a-passo. A Caixa solicita apresentação de documentos e analisa caso a caso, antes da liberação. Uma vez aprovado o pedido, o valor será creditado na conta indicada pelo beneficiário.

“Toda a cidade foi atingida, direta e indiretamente, pelas fortes chuvas. Por isso, solicitamos à Caixa que liberasse o saque do FGTS para todos os petropolitanos. Muitos, que perderam seus bens, seu comércio e seus carros, necessitam desse dinheiro para se reerguer”, disse Bomtempo. O pedido havia sido encaminhado à Superintendência Regional da CEF na semana passada, sendo aprovado após manifestação favorável do Ministério Público Federal.

O primeiro distrito abrange todos os bairros ao redor do Centro; o segundo engloba, além de Cascatinha, os bairros Quissamã, Itamarati, Samambaia, Glória, Corrêas e Nogueira. O trabalhador pode efetuar o saque calamidade pelo aplicativo FGTS, da Caixa, sem necessidade de comparecer a uma agência. O direito de sacar o dinheiro vale enquanto durar o Estado de Calamidade Pública decretado pelo prefeito Rubens Bomtempo em 15 de fevereiro, com vigência até 15 de maio.

A solicitação aceita pela CEF foi a segunda feita por Bomtempo, que havia encaminhado pedido anteriormente em 9 de março e contado com apoio do deputado federal Hugo Leal (PSD/RJ) nas gestões com a CEF. Para a nova decisão da Caixa, em favor da extensão dos saques aos dois distritos, foi decisiva a apresentação prévia de Formulário de Informações de Desastre (Fide) ao Ministério do Desenvolvimento Regional, que descreve os danos generalizados causados pela chuva e pede recursos para ações emergenciais.

Botão Voltar ao topo
error: Favor não reproduzir o conteúdo do AeP sem autorização ([email protected]).