Publicidade Concer: Sustentabilidade e economia
Publicidade Concer: Sustentabilidade e economia
Cidade

Defesa Civil registra 9 ocorrências em função da chuva desta madrugada

A Defesa Civil do município contabilizou 09 registros de ocorrências por conta das chuvas da última madrugada até às 11h30 desta terça-feira (17/10), quando áreas de instabilidade associadas à aproximação de uma frente fria no oceano influenciaram o tempo em Petrópolis, embora não houvesse previsão de chuva para a cidade.

Todas as ocorrências registradas foram sem gravidade e não houve vítimas. Confira o balanço atualizado dos registros de ocorrências em função das chuvas em Petrópolis:

– 01 registro de ocorrência de alagamento atingindo imóvel – Bairro: Quissamã
– 02 registros de ocorrência de queda de árvore atingindo construções – Bairros: Bingen e Carangola
– 02 registros de ocorrência de avaliação de risco estrutural – Bairro: Mosela
– 03 registros de ocorrência de risco de queda de árvore – Bairros: Independência, Mosela e Quarteirão Ingelhein
– 01 registro de ocorrência de afundamento de via- Bairro: Caxambu

A Defesa Civil reforça que no início da manhã desta terça-feira (17) foram realizadas rondas preventivas percorrendo as seguintes localidades:
– Centro
– Rua Coronel Veiga
– São Sebastião
– Siméria
– Vital Brasil
– Olga Castrioto
– Quitandinha
– Cond D’eu
– Valparaíso,
– Thouzet
– Alto da Serra
– Chácara Flora
– Vila Felipe
– 24 de Maio
– Ferroviários
– Duchas
– Bingen
– Mosela

Estágio Operacional: Observação

Maiores acumulados pluviométricos nas últimas 24h:

– Bingen: 81,4 mm (INEA)
– Morin: 65,0 mm (CEMADEN BR)
– Barão do Rio Branco: 63,5 mm (INEA)
– Bingen – Geo: 60,6 mm (CEMADEN BR)
– Centro: 59,6 mm (INEA)

Condição para as próximas horas: Previsão de céu parcialmente nublado a nublado e pancadas de chuva a partir da tarde, podendo vir acompanhadas de rajadas de vento.

Situação atual: Céu parcialmente nublado e sem chuva.

Recomendações: A Defesa Civil reforça que a população das áreas de risco se mantenha em alerta, e principalmente, que não permaneça em áreas interditadas. Evite áreas alagadas e fique atento aos sinais de deslizamentos. Em caso de emergência, ligue 199.

Botão Voltar ao topo
error: Favor não reproduzir o conteúdo do AeP sem autorização ([email protected]).