Publicidade Concer: Passarelas
Publicidade Concer: Passarelas
Saúde

Com mais de 1700 casos de dengue registrados neste ano, Petrópolis terá segundo Dia D de combate à doença

A Prefeitura está programando para o próximo dia 06 de abril (sábado) o segundo dia D de combate à dengue. O objetivo é conscientizar a população sobre a necessidade da participação de todos para a eliminação do mosquito Aedes aegypti. As ações do dia de mobilização estão sendo planejadas por meio do Comitê Municipal de Enfrentamento às Arboviroses.

De janeiro até o dia 1º de abril, 1.716 casos e dois óbitos foram confirmados no município. Os pacientes com suspeita de dengue devem se dirigir às unidades de emergência, como UPAS (Centro, Cascatinha e Itaipava) ou Pronto Socorro Leônidas Sampaio. Em todo o Estado do Rio, mais de 164 mil casos já foram registrados.

Várias ações estão programadas para esta segunda edição do Dia D, como a distribuição de material informativo; visitas técnicas de agentes de endemias em diferentes regiões do município; ações de mobilização em Postos de Saúde da Família (PSF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS), entre outras. O Dia D contará com a participação de diferentes secretarias, que fazem parte do Comitê Intersetorial de Enfrentamento às Arboviroses.

Programação dia D 06 de abril (sábado) – 9h às 13h
– Panfletagem nos Parques Cremerie Parque Municipal Paulo Rattes (Parque de Itaipava), parque Padre Quinha;
– visitas técnicas de cerca de 100 agentes de endemias com vistoria, eliminação de criadouros e colocação de larvicidas;
– Panfletagem nos Terminais Centro, Itamarati, Corrêas Itaipava e Rodoviária Leonoel Brizola;
– Investigação epidemiológica de casos de dengue na sede da vigilância;
– Ações de mobilização e conscientização em cerca de 40 unidades de saúde;
– Acionamento das sirenes da Defesa Civil com mensagem sobre prevenção;
– Panfletagem junto ao público do Centro de Saúde Coletiva.

10 minutos semanais
O ciclo de vida do Aedes aegypti, do ovo até a fase adulta, leva entre 7 e 10 dias. Se a eliminação dos criadouros acontecer uma vez por semana, o ciclo é interrompido evitando o nascimento de novos mosquitos. Para isso:
Mantenha as caixas de água, galões, poços e outros depósitos de água bem fechados;
Mantenha as calhas limpas, as garrafas vazias e baldes virados de cabeça para baixo;
Mantenha as bandejas do ar condicionado e da geladeira limpas e sem água;
Piscinas sempre tratadas;
Plantas que acumulam água, como as bromélias, precisam ser secas;
Coloque areia nos pratinhos das plantas;
Elimine as poças de água;
O mosquito gosta de água parada e limpa! Fique atento!

Arte: Agência Brasil
Arte: Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
error: Favor não reproduzir o conteúdo do AeP sem autorização ([email protected]).