Estudante de moda se inspira em Petrópolis em suas criações

A beleza de Petrópolis não só encanta os moradores e visitantes, como também serve de inspiração para escritores, pintores, músicos e até futuros estilistas. Esse é o caso do estudante Gabriel Henrique, que está no segundo período de Moda na Universidade Estácio de Sá, através de uma bolsa do Prouni.

Gabriel descobriu seu gosto pela moda quando tinha 11 anos, na mesma época em que ganhou uma casa no programa do Luciano Huck, em 2008. “Na época passava a novela Ti-Ti-Ti e isso foi o estopim para eu começar a desenhar. Talvez a grande felicidade de ter sido contemplado com uma casa e ter um lugar descente para morar tenha aumentado ainda mais minha inspiração e, desde então, não parei mais! Desenhei, desenhei e desenhei”, conta.

Após ter feito o Enem e não conseguir uma bolsa, a oportunidade veio no segundo semestre de 2016 quando surgiu uma vaga de uma bolsa remanescente do Prouni, mas para a Estácio do Rio. “Na época o curso em Petrópolis estava em processo de reativação e eu não tinha condição nenhuma de ir para o Rio estudar, mas mesmo assim fui e me matriculei lá. Os céus me ajudaram e o curso de Petrópolis reabriu, então transferi minha bolsa para cá. É um curso ótimo, que todo interessado em moda devia fazer, pois a moda não tem nada de fútil, o curso ensina desde moda e antropologia a Comportamento do consumidor”, explica.

Embora ainda não trabalhe na área, pois no momento é um jovem aprendiz em uma empresa de manutenção aeronáutica, Gabriel se considera eclético na hora de criar. “Gosto muito de me inspirar em música, uso desde a ópera até a MPB. Me inspiro também em histórias reais ou não; gosto de me inspirar em temas e acontecimentos brasileiros. Me inspiro com um pouco de tudo! Estou sempre aberto a experiências e procurando saber de tudo para achar inspiração”, conclui.

Você pode saber um pouco mais sobre o trabalho de Gabriel e conferir suas criações na página: /GHCouture

Confira algumas de seus croquis:

Normando e Rococó Hollywoodiano.
Inspirado no Hotel Quitandinha.
Inspirado no Palácio de Cristal.
Inspirado nas janelas do museu.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários estão fechados.

error: Favor não reproduzir o conteúdo do AeP sem autorização (contato@aconteceempetropolis.com.br).

Send this to a friend