Descarte de entulho, movimentação de terra e montanhas de esterco aviário. Esse foi o cenário encontrado pela prefeitura no terreno que foi disponibilizado para sediar o Distrito Industrial da Posse, em 2010. “Encontramos um cenário preocupante, que mostra o abandono do local nos últimos anos. Além disso, constatamos um possível crime ambiental em um local..." />